Sobre o VIDA FIT

O VIDA FIT fala acima de tudo sobre qualidade de vida, saúde e bem-estar.

A ideia do blog nasceu da minha vontade de resgatar a minha autoestima e ser uma pessoa mais feliz e mais leve, compartilhando minhas experiências com o mundo nessa jornada. Então nada melhor do que unir a minha formação em Jornalismo ao meu amor por assuntos relacionados a alimentação, treino, saúde e bem-estar. ❤️

E como uma boa jornalista, conto com a ajuda de profissionais qualificados da área da Saúde, que atuam como fontes nas matérias e experiências aqui publicadas.

Um dos pilares que faz desse blog a minha paixão é a mudança por meio da informação, a colaboração da construção do conhecimento coletivo. Por isso, os temas são tratados abertamente, sem tabus, sem meias-verdades, abrindo o debate sobre transtornos alimentares (muito presentes nesse mundo fitness, porém extremamente velados) e os “milagres nutricionais” difundidos pelas mídias de massa, entre outros temas pertinentes a esse universo.

Mais que um meio de comunicação, o VIDA FIT tem como missão ser um agente de mudanças positivas na vida das pessoas.

Minha história e o VIDA FIT

Tive problemas com a balança desde quando me conheço por gente.

Aos 12 anos de idade, comecei a ficar incomodada com meu corpo e comecei a fazer as “dietas de capa de revista”. Não parei mais. Fazia a dieta, emagrecia. Parava a dieta, engordava em dobro. E assim foi até que, em 2010, cheguei ao auge da minha obesidade: 85~86kg (com 1,58m de altura – era muita coisa!). Foi quando eu percebi que não poderia deixar a história continuar sendo escrita daquele jeito. Iniciei um processo de reeducação alimentar com uma nutricionista com apoio da terapia comportamental, e foi quando os primeiros resultados começaram a sugir depois de várias tentativas frustradas e idiotas (convenhamos). 

Foi na terapia que eu descobri que o efeito sanfona e a obesidade não eram o problema em si, e por isso eu não conseguia emagrecer nem me manter magra. O buraco era mais embaixo: um transtorno alimentar chamado “compulsão alimentar”. Na terapia, aprendi o que me levava às crises, o que a comida significava pra mim e, finalmente, pude iniciar o resgate de mim mesma. Um processo difícil, lento e gradativo, porém super gratificante e com frutos que eu colho até hoje! 🙂

Hoje, ainda estou emagrecendo (tive algumas “pausas” no processo ao longo destes anos), mas já me sinto bem com a balança, com o espelho e com a comida.

E em 2013, tive a ideia de criar o VIDA FIT, que me dá ainda mais uma motivação para seguir adiante com um estilo de vida mais saudável e mais feliz, sempre com bom humor e muita “força na peruca”. Hoje, esse estilo de vida saudável faz bem a mim mesma e também a outras pessoas, porque consigo motivá-los com meus exemplos.

Já com o VIDA FIT andando, passei por uma cirurgia no joelho que me levou a descobrir uma paixão e minha nova terapia: a corrida. Por isso, lancei a #missãocorrerdetop no Instagram pra motivar as pessoas e ser motivada tanto no emagrecimento quanto nos treinos da minha nova rotina.

E assim eu sigo: um dia por vez, e a cada dia mais feliz, mais saudável e mais completa. 🙂

Antes (2012) e durante (2014). Detalhe que na foto de 2012 eu já havia perdido  quase 10kg. Ou seja, já fui BEM maior. Pena que não tenho fotos daquela época porque eu detestava que me fotografassem - por razões óbvias.

Antes (2012) e durante (2014). Detalhe que na foto de 2012 eu já havia perdido quase 10kg. Ou seja, já fui BEM maior. Pena que não tenho fotos daquela época porque eu detestava que me fotografassem – por razões óbvias.

Quer falar comigo, sugerir pautas ou até mesmo compartilhar a sua história? Não se acanhe e me mande um e-mail: contato@vidafit.com.br 

E eu também tô no Instagram! Me segue lá: @ticianetoledo