imagem-destaque-suco-natural
0 Gostou

Tá calor? Aposte nos sucos naturais!

Se aí na sua cidade está tão quente quanto aqui na minha, vocês também devem estar sentindo na pele a necessidade de se refrescar o dia inteiro. Aliás, nesses dias de temperaturas elevadas, a hidratação é nossa prioridade!

E para não cair na tentação do açaí com leite ninho e leite condensado ou do refrigereco gelado, sem contar a cervejinha depois do trabalho, uma solução bem eficiente são os sucos naturais ao longo do dia.

imagem-destaque-suco-natural

imagem: Google

Com os sucos naturais, além de estarmos consumindo nossas porções diárias de frutas, estamos também mantendo o corpo hidratado (tchau, sede!), consumindo vitaminas e nutrientes importantes que cada fruta nos fornece, e ainda matando um pouco da vontade de comer doce graças ao açúcar natural das frutas (frutose, sua linda!). [leia mais sobre como tapear a compulsão por doces]

Mas cuidado: os sucos também contem calorias, tanto pela frutose como pela forma como são feitos. Vejamos o caso do suco de laranja, por exemplo: é delicioso, refrescante, rico em vitamina C (imunidade), mas é bastante calórico se comparado aos demais sucos com as mesmas qualidades. Isso porque a base dele não vai água, e sim, laranjas. Para fazer 200ml de suco, geralmente são usadas de 2 a 3 laranjas. Ou seja, 3 das suas porções diárias de frutas já foram num único suco, totalizando, pelo menos 90 kcal (quase a mesma quantidade de calorias de uma latinha de refrigerante). Se você adoçar com açúcar, então, esse número de calorias só aumenta. O ideal seria usar apenas uma laranja e ter como base do suco a água.

Por isso, aqui vão algumas dicas para se jogar nos sucos naturais nos dias de calor:

1. Use sempre água como base. Não caia na pegadinha do suco de laranja 😉

2. Se quiser um efeito dtox, vá de base chá. Principalmente chá verde e chá de hibisco, que são diuréticos.

3. Opte pelas frutas com mais água em sua composição, como melancia, melão e abacaxi, por exemplo, para um efeito refrescante mais imediato. Detalhe: por conterem mais água, são mais diuréticos também.

4. Bata gengibre junto com as frutas para dar um potencial termogênico ao seu suco e ajudar a dar um gás no metabolismo, que tende a ficar mais devagar no calor mesmo. Prove: melancia com gengibre e muito gelo. Fica di-vi-no. [lembra que já falamos sobre o gengibre no post sobre alimentos termogênicos?]

5. Evite açúcar ou adoçante. Adoçar o suco é um hábito, e que não agrega em nada, diga-se de passagem. Pense que as frutas já vêm adoçadas naturalmente graças à nossa querida frutose. Então para que mais açúcar? Se o suco ficar muito aguado ou a fruta não estiver no ponto, uma opção mais saudável é usar o açúcar mascavo.

6. Misture frutas e hortaliças, e brinque com os sabores. Se não até de suco a gente enjoa, né? Aí as tentações ficam ainda mais evidentes aos nossos olhos e ao nosso cérebro. Prove: couve (1 talo) + suco de 1 limão (aproveite até o bagaço por causa das fibras) +  linhaça. Adoce com mel e adoçante, se preferir. Trocar o limão pela laranja que também fica uma delícia, viu? Rico em vitamina C, ferro, fibras e ainda tem efeito cicatrizante (para quem tem gastrite, suco de couve é uma mão na roda!).

7. Fique de olho nas frutas da estação. São mais fáceis de ser encontradas e, consequentemente, não vão pesar tanto no seu bolso. No site do CEAGESP você encontra um calendário de sazonalidade de frutas e hortaliças.

  • Frutas de outubro: Ameixa, laranja, banana, figo, maçã, mamão, manga, melancia, nêspera, pêssego.
  • Frutas de novembro: Abacate, abacaxi, ameixa, banana, jabuticaba, maracujá, nectarina, uva.
  • Frutas de dezembro: Manga, maracujá, nectarina, melancia, cereja importada, pêssego, ameixa e goiaba.
  • Frutas de janeiro: Ameixa, figo, goiaba, abacaxi, manga, maracujá, mamão, melancia, uva itália e uva niágara.
  • Frutas de fevereiro: Abacate, abacaxi haway, banana maçã, cajú, figo, fruta do conde, goiaba, limão, mamão haway, maracujá azedo, maracujá doce, uva itália, uva niágara, ameixa.

Importante: se você tem diabetes ou tendência à doença, pegue leve nos sucos também, ok? Lembre-se da frutose que, em excesso, também pode fazer mal como qualquer outro açúcar, além do possível excesso de porções de frutas nos sucos (como o suco de laranja que falei ali em cima). Leia mais sobre um estudo publicado no British Medical Journal relata que tomar sucos diariamente pode aumentar o risco de desenvolver a doença.

 

Eu AMO sucos naturais, principalmente no calor. E vocês? Costumam tomar bastante também? Se tiverem receitas bacanas e gostosas, compartilhem que a gente posta na nossa editoria Receitas Fit, com todos os créditos, claro 😉

Super beijo!

 

 

O que você achou?