gyrotonic corrida benefícios atelier do movimento
0 Gostou

5 maneiras de melhorar a sua corrida com o Gyrotonic®

Nos posts que eu tenho feito no meu Instagram (@ticianetoledo – segue lá! ❤) e na fanpage do blog, vocês já devem ter percebido que eu me apaixonei pelo Gyrotonic®, né?  E como eu já contei pra vocês AQUI nesse post, minha iniciação no método começou quando o pessoal do Atelier do Movimento me convidou pra fazer as aulas com o objetivo de me ajudar a correr e a pedalar melhor (e futuramente a nadar melhor também, já que um dos meus objetivos atuais é me jogar no Triathlon). Então, pedi pra Dra. Fernanda Henrique, do Atelier, explicar melhor pra vocês como o Gyrotonic® pode ajudar a gente a correr melhor, com mais qualidade e saúde.

Gyrotonic® x corrida

1. Descompressão das articulações: Além de trabalhar de forma global, o Gyrotonic® organiza e fortalece os movimentos dos membros inferiores enquanto promove a descompressão das articulações dos tornozelos, joelhos, pés e quadril (essenciais não só para quem corre, mas também para quem quer manter a mobilidade ao longo da vida).

2. Preservação da coluna: Estimula a ativação da musculatura abdominal profunda e do assoalho pélvico, estabilizando a lombar e a pélvis para que a coluna não sofra uma sobre carga compensatória durante a movimentação dos membros inferiores.

3. Preservação de joelhos e quadril: A ativação correta da musculatura profunda abdominal também previne a sobrecarga de peso nas articulações do joelho e quadril evitando lesões a curto, médio e longo prazo.

4. Alinhamento do corpo: Durante a corrida a cada passada o solo devolve para o pé uma força igual à imprimida pela pisada. Um alinhamento correto das articulações ao receber esta força, juntamente com acionamento equilibrado e das musculaturas, é fundamental para evitar o desgaste das estruturas músculo-esqueléticas envolvidas na corrida.

5. Melhora da performance: O Gyrotonic® organiza a marcha do corredor prevenindo lesões e pode melhorar seu desempenho.

E por que tudo isso?

A Dra. Fernanda Henrique responde:

“Porque o Gyrotonic® é um método que conduz o esportista ao auto-conhecimento da biomecânica do próprio corpo e ensina o praticante a utilizar e explorar de forma correta e segura seus movimentos. No Gyrotonic® aprendemos a nos movimentar de forma organizada, preservando as estruturas anatômicas musculares e articulares, evitando e tratando lesões músculo-esqueléticas para que possamos ter uma prática prolongada e com melhor eficiência mecânica dentro do esporte.”

Ou seja: se você quer continuar correndo por muito tempo sem ter que se aposentar das ruas (ou das trilhas ou das pistas ou whatever) e deseja garantir a sua mobilidade quando chegar à terceira idade (tem post sobre isso AQUI), o Gyrotonic® pode ser uma excelente opção de prevenção e correção da sua mecânica – o que vai te ajudar em TODAS as atividades do seu dia a dia, acredite!

Eu queria MUITO poder falar tudo sobre o Gyrotonic® num post só pra vocês entenderem melhor, mas é muita informação pra ser absorvida, tanto por vocês quanto por mim, que ainda tô no bê-a-bá da prática. Mas aos poucos eu vou trazendo mais informações em parceria com as meninas do Atelier do Movimento, que são umas fofas e que estão sendo super pacientes comigo. 

E se você tiver interesse em se aprofundar mais no Gyrotonic® e experimentar tudo o que eu tô experimentando (e que não cabe em palavras ou imagens), vale a pena ligar lá no studio e marcar uma aula experimental. As portas estão abertas pra vocês! Ainda mais se falarem que é indicação minha 😉 Aproveitem!

Atelier do Movimento

Rua Major Vaz, 100, Vila Adyana, São José dos Campos – SP

Telefone: (12) 3307.0052

www.atelierdomovimento.com.br

Facebook: /atelierdo.movimento

Instagram: @gyrotonicsjcampos

1 Comment

O que você achou?