A corda também pode entrar no seu treino intervalado de alta intensidade (HIIT). Use a criatividade e queime o máximo de calorias possível! (imagem: reprodução)
0 Gostou

Fitness: tendências para 2014

Todo ano o Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM) divulga as grandes tendências fitness para o ano seguinte. O levantamento para 2014 ouviu 3.815 profissionais do setor no mundo todo e listou as 20 modalidades que prometem dar o que falar no ano que vem:

1. High-Intensity Interval Training (HIIT): Ou Treino Intervalado de Alta Intensidade, em português. O HIIT é um tipo de treinamento onde temos estímulos bastante intensos (bastante mesmo!) com recuperação curta (baixa intensidade). No HIIT o foco é realizar o exercício da forma mais intensa e explosiva possível – por isso os treinos devem ser curtos (por volta de 20 ou 30 minutos). O HIIT pode ser feito em qualquer atividade, seja na esteira correndo, na bike, no elíptico, na corda ou até mesmo em saltos.

hiit treino corda

Corda + HIIT = fogueira de calorias! (imagem: reprodução)

2. Peso livre: Livre de equipamentos, ou utilizando apenas o mínimo, o treino livre utiliza o peso do corpo e trabalha muitas áreas do corpo ao mesmo tempo, sem isolar músculos, melhorando o condicionamento físico como um todo e aumentando a consciência corporal. E só o fato de não precisar de uma sala de academia já o torna uma opção bem mais econômica e viável para muitas pessoas. A Bia já falou da sua afinidade com a prática neste post. *Obs: Esta é a primeira aparição do Treino Livre na pesquisa anual do ACSM.

3. Profissionais formados e certificados: Dado o grande número de instituições de ensino oferecendo certificações na área de Saúde e Fitness, a ACSM acredita que o público consumidor/contratante começará a ter mais consciência ao contratar profissionais certificados por órgãos e instituições responsáveis pela regulamentação do mercado.

4. Treino de força: Hipertrofiar é bom, mas hoje os treinos de força estão sendo aplicados cada vez mais para manter a força e a resistência e também por quem está se recuperando de uma doença ou cirurgia (que é o meu caso: estou usando o treino de força na fisioterapia e na musculação para me recuperar de uma reconstrução do ligamento cruzado anterior, feita em julho deste ano).

5. Exercícios e perda de peso: Precisa falar algo mais? Os profissionais de Saúde e Educação Física que trabalham com programas de emagrecimento estão cada vez mais incorporam atividades físicas regulares e restrições de calorias para obter os melhores resultados na redução e controle de peso de seus clientes.

6. Personal Training: Essa tendência vem subindo o ranking a cada ano. Talvez pelo desejo das pessoas de terem atenção total de um professor, treinos customizados de acordo com os objetivos e metas, e a tal “exclusividade”. A pesquisa fala sobre o aumento do número de educadores físicos se especializando em Personal Training e da importância de se certificar estes profissionais para aumentar a segurança dos alunos/clientes.

7. Programa de atividade física para idosos: Com a expectativa de vida aumentando nos países mais desenvolvidos (e podemos nos incluir nisso, apesar de não estarmos nessa categoria, conforme as classificações econômicas e blablablá), mais as pessoas querem envelhecer bem, com saúde e qualidade de vida. Então é hora de começar a dar mais atenção a este grupo e a começar a pensar nos idosos e em suas necessidades no que diz respeito a atividades físicas.

8. Treino funcional: Bombou em 2013 e pelo visto vai continuar em alta em 2014. O treino funcional se baseia nos movimentos naturais do ser humano: pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. O praticante ganha força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento, resistência e agilidade, com o “plus” que esse tipo de treino tira a pessoa dos movimentos mecânicos e eixos definidos ou isolados da musculação. Por isso, é uma alternativa interessante para quem anda cansado da academia. O CrossFit é, atualmente, a “grife” de funcional mais famosa do mundo.

treino funcional

Treino funcional ao ar livre: tudo de melhor nessa vida! (imagem: Kilorias/Band)

9. Personal Training em grupo: Você gosta de aulas em grupo, mas não troca a exclusividade do seu personal? Pode ficar feliz, então, porque uma das tendências é fechar grupos de até 4 ou 5 pessoas para ter aula com um mesmo Personal. Isso torna o treino mais econômico para os alunos e mais prático para o educador físico.

10. Yoga: Goste você ou não, a Yoga continua em alta, e em suas várias linhas: Power Yoga, Ashtanga, Bikram etc.

11. Exercícios para crianças: Aqui o foco é estimular os baixinhos a adotar uma vida saudável desde cedo, evitando o sedentarismo e doenças como a obesidade, que vem crescendo em larga escala entre as crianças ano após ano.

12. Saúde no trabalho / ginástica laboral: A ideia é melhorar a saúde dos trabalhadores de uma empresa, criando um ambiente de incentivo à vida saudável, com programas de atividades físicas para melhorar não só a saúde como também até mesmo a produtividade dos colaboradores. Afinal, funcionário saudável é funcionário produtivo – e mais econômico, uma vez que gera menos gastos para a empresa com afastamentos, indenizações, convênio médico etc.

13. Core Training: Você provavelmente deve ter ouvido muito sobre o tal do Core esse ano. E vai ouvir muito mais no próximo também. O Core Training trabalha os músculos do abdômen, costas e tórax. Além de melhorar a postular corporal, o core fortalecido melhora a estabilidade do tronco, possibilitando ao praticante uma execução mais correta e segura das atividades do dia a dia e também de treinos de força, velocidade ou agilidade.

core training

Prazer, Core. (imagem: reprodução)

14. Atividades ao ar livre: Se você também é dessas pessoas que não suportam pisar na academia, continue firme e forte nos seus treinos outdoor. Corrida, canoagem, SUP, surf, skate, ciclismo… Escolha a sua atividade favorita e mande ver!

15. Treino em circuito: Se você não curte as aulas convencionais nem a sala de musculação, o treino em circuito é uma boa pedida. São cerca de 10 exercícios feitos em sequência, com um tempo mínimo de descanso entre uma série e outra, trabalhando vários grupos musculares em cada treino. Cansativo, mas eficaz e estimulante (tchau, tédio!).

16. Mensuração de resultados: A boa e velha avaliação física (mais power ou não, depende dos seus objetivos, do local da avaliação e das suas possibilidades financeiras) vem ganhando cada vez mais atenção. Afinal, é preciso medir para avaliar os reais resultados do empenho do aluno/atleta e do trabalho do educador físico/trainer. E, aqui, os resultados não são apenas físicos, mas envolvem também as condições de saúde da pessoa avaliada.

17. Wellness coaching: é quase um personal, mas o coach vai ajudar na mudança de hábitos para ganhar saúde e bem-estar. É mais do que apenas a mudança física. É o que nós tentamos passar aqui pra vocês! 🙂

18. Treinamento esportivo: Aqui o foco são os jovens atletas e o ensino focado em um esporte para este público, ensinando os fundamentos da modalidade escolhida e treinando as potencialidades do jovem atleta rumo à profissionalização.

19. Programa de incentivo para trabalhadores: mais uma vez, o foco é o trabalhador que geralmente fica horas sentado numa cadeira ou de pé, mas sem se mover. A ideia é promover a mudança de hábitos no ambiente corporativo.

20. Boot Camp: São atividades de alta intensidade que lembram um treinamento militar, incluindo exercícios que melhoram o condionamento cardiorrespiratório, força, resistência e flexibilidade. Me lembra um pouco as corridas com obstáculos pela pegada mais “exército”. Como plus, você tem um instrutor te motivando no melhor esquema sargentão. É fazer ou pagar 20 😉

fitness bootcamp

Fitness Bootcamp: é fazer ou pagar mais 20!

O que estava na lista em 2013 e agora está fora do TOP 20 / 2014:

– Zumba
– Spinning (ciclismo indoor)

 

+ Leia o artigo original aqui.

 

O que vocês acham, pessoal? Curtem alguma modalidade da lista? Já praticam ou querem praticar?

Bons treinos, esteja a sua atividade no TOP 20 ou não 😉

O que você achou?