corrida rua ou esteira?
0 Gostou

Corrida: rua ou esteira?

Corrida só é treino se for ao ar livre ou na esteira também conta?

O que vocês acham?

Bom, eu parto do pressuposto que treino é treino, independente do ambiente. A partir do momento que você se propõe a fazer algo bem feito para ter resultados melhores, você está treinando. Com a corrida é a mesma coisa, na minha opinião. O importante é não ficar parado, certo?

Então resolvi fazer um post baseado no conhecimento que adquiri na época que estava me iniciando na corrida (em 2014 me aguardem, estarei de volta!) com um comparativo esteira x rua para você ver o que é melhor, mais recomendável e mais prazeroso, claro, para o seu treino.

Rua

Vantagens

  • Basta vestir a roupa, colocar o tênis e se munir de uma garrafinha de água que você está pronto para treinar; é só escolher a direção e sair correndo.
  • Na rua, nosso gasto calórico é maior, e por alguns motivos como: maior trabalho muscular (exercitamos mais a musculatura posterior da coxa quando empurramos o chão para baixo e para trás) e cardiovascular, variação do solo e resistência ao vento (o que representa um esforço até 10% maior).
  • Como há um impacto maior entre o solo e nosso corpo em comparação à esteira, isso aumenta a criação de massa óssea, contribuindo para a diminuição do risto de osteoporose.
  • Dependendo do seu percurso, você pode dar a sorte de ter belíssimas paisagens de background durante seu treino. É muito mais motivador do que correr olhando para a TV ou para a parede.

Desvantagens

  • Como falamos ali em cima, existe um impacto maior na corrida ao ar livre. Por isso, se o treino não for responsável em termos de periodicidade, a atividade pode gerar lesões (músculares, ósseas, ligamentares e por aí vai :(). Tome cuidado também se você estiver com sobrepeso porque a corrida na rua pode sobrecarregar ainda mais suas articulações.
  • É delicioso correr ao ar livre e sentir o vento no rosto, mas devemos ficar de olho no clima para que ele não jogue contra a gente. Por isso, tome cuidado ao treinar em dias frios, chuvosos, muito secos ou de muito calor (relembre aqui as dicas para treinos em dias mais quentes).
  • Para quem corre na rua, um dos maiores problemas é a segurança, seja pelos riscos de atropelamento ou de assaltos.

Esteira

Vantagens

  • Ao contrário da rua, o risco de lesões é menor já que a maioria das esteiras possuem sistema de amortecimento que vai se aprimorando conforme novas tecnologias para o esporte vão se desenvolvendo também.
  • Na esteira, você controla o seu treino nos mínimos detalhes: tempo, velocidade, inclinação e distância. Isso é ótimo tanto para os novatos, que ainda estão conhecendo a corrida e suas possibilidades, quanto para quem já é mais avançado e deseja criar novas variações dos seus treinos.
  • Se você não quer ter que ficar desviando de carros, ciclistas, pedestres, cachorros, buracos, árvores e tudo mais que te incomoda na rua, a esteira é seu lugar para treinar com tranquilidade e continuidade.
  • Muita chuva ou muito sol? Isso não é problema para quem treina na esteira! Só tome cuidado para não se exceder nos treinos em dias mais quentes, ok?

Desvantagens

  • Ao contrário do que acontece na rua, na esteira o trabalho muscular é menor: como a esteira joga a gente para trás, o trabalho dos músculos posteriores da coxa é reduzido.
  • Se você se entedia fácil, a esteira pode ser um complicador para a sua motivação. Geralmente as esteiras na academia ficam viradas para paredes brancas, sem vida, ou então de uma única TV com a mesma programação para todos os alunos. Se esse for seu caso, se jogue nos fones de ouvido e capriche na playlist. O importante é não desanimar e encontrar formas de deixar seu treino mais agradável.
  • Se você tem esteira em casa e não cuidar direitinho dela, pode ficar na mão quando ela, num belo dia, te deixar na mão. E geralmente as manutenções/consertos do aparelho são um pouco salgadas 🙁

 

Minha opinião?

As duas opções são ótimas e sou a favor de ir variando os treinos para não cair na mesmice e perder o prazer pela coisa.

Mas se você for iniciante ou se estiver se recuperando de alguma lesão, vá de esteira até que se sinta preparado para arriscar um treino ao ar livre (em caso de lesões, ouça sempre as recomendações do seu fisioterapeuta e/ou do seu ortopedista, ok?). Assim você se previne contra algumas lesões que podem acontecer devido ao despreparo físico de quem está começando no esporte ou retornando a ele depois de um tempo em off.

Se você for um corredor mais avançado e estiver preparado (tanto na capacidade respiratória quanto na muscular), se jogue nas corridas ao ar livre sem medo de ser feliz, e vá de esteira quando o clima não for favorável ao seu treino.

3 dicas importantes antes de encerrar esse post

  1. Respeite seu corpo acima de tudo: se sentiu dor, pare o treino e busque orientação de um profissional competente e de confiança.
  2. Fortaleça seus músculos: eles são importantíssimos para garantir a integridade do nosso corpo e evitar lesões típicas dos corredores. Por isso, não menospreze a musculação! Saiba mais aqui.
  3. Treine sério e com qualidade: se você não levar a sério o seu treino ou se ele não estiver adaptado às suas necessidades e ao seu corpo, você não terá resultados. Por isso, procure um treinador sério para te ajudar nessa missão 😉

 

E vocês? De qual treino gostam mais? Contem pra gente 🙂

 

 

2 Comments

O que você achou?