annette10
0 Gostou

Americana de 71 anos revela segredos para manter aparência de 30

Quem não deseja ser jovem pra sempre, numa sociedade onde cultuamos a juventude? Mas já que envelhecer é inevitável, a boa notícia pra quem quer retardar os efeitos do envelhecimento é que podemos escolher a forma como vamos passar pelo processo. Um belo exemplo disso é a norte-americana  Annette Larkins, que já tem quase 72 anos, mas com corpo e a saúde e uma jovem de 30 anos. #chocada

annette5

O segredo? Ela garante que é a alimentação.

Larkins é uma vegan radical que se alimenta única e exclusivamente de produtos orgânicos e crus (o famoso “crudivorismo”), vindos da horta do quintal de sua casa. Além de não comer nenhum alimento derivado de animais, não toma remédios sintéticos, porque os alimentos já agem como eles em seu corpo – é por isso que batemos na tecla da alimentação de verdade, com alimentos funcionais

A diabetes em sua família é um problema comum e sua mãe e avó morreram cedo, vítimas de câncer. Mas devido à sua dieta natural e limpa, Annete nunca apresentou nenhum sintoma dessas doenças, nem de nenhuma outra. 

Ah! E ela garante também nunca ter feito nenhum procedimento estético/cirúrgico pra ficar e se manter assim.

annette1

annette2

 

annette7

annette8

via.

Bom, não dá pra botar a mão no fogo por ninguém nem nada que a gente vê na internet, mas eu acredito muito no poder da alimentação saudável, principalmente porque tenho um exemplo real muito próximo de mim: a querida personal fit chef Vanda Rittmann, que também tem uma alimentação limpíssima e aos 42 anos tá melhor do que eu aos 26! Ou seja, não é impossível. No caso de Larkins, temos também tem o fator racial que ajuda bastante a minimizar os efeitos do envelhecimento, como as rugas.

 

É válido também lembrar que esse é um processo de uma vida toda e que não adianta querer começar a se alimentar bem hoje e querer ver a sua pele maravilhosa e livre de rugas em 1 semana, ok? A palavra-chave aqui é: prevenção. E em se tratando de prevenção, quanto mais cedo começar, melhor. Mas se começar mais tarde também, não tem problema: basta ter mais um cadinho de paciência só. 🙂

 

O que vocês acharam disso? Botam fé nesse super poder da alimentação ou acham que tem algo por trás dessa história?