treino de ritmo corrida
2 Gostou

A importância do treino de ritmo na corrida

Quem me acompanha no instagram (@ticianetoledo – segue lá!), já deve ter visto alguns posts onde eu falo da minha relação de amor e ódio com os treinos de ritmo – ou “experiência pós-morte”, para os íntimos – que marcam presença toda semana na minha planilha de treinamento.

É um treino exigente, difícil, que tira a gente totalmente da zona de conforto e parece que vamos morrer antes de completar a distância estabelecida pelo treinador. Mas se eu pudesse dar um conselho aos corredores (ativos ou aspirantes) que me leem, seria: faça, doa o que doer.

Entenda:

Treino de ritmo na teoria

“O treino de ritmo é extremamente importante para o treinamento, pois tem como objetivo melhorar o ritmo de corrida do corredor, e geralmente tem volume igual a 50% da distância da prova-alvo do aluno”, explica o treinador Celso Alves Junior, sócio-diretor da GO Assessoria Esportiva.

Ou seja: enquanto estou treinando para provas de 5k, os treinos de ritmo são de 2k. Quando aumentar o volume para 10k, os treinos de ritmo vão acompanhar a evolução e passarão a ter um volume de 4 ou 5k. Entenderam? 

“Por meio do treino de ritmo, treinador e aluno conseguem ver a evolução física dos treinos prescritos semanalmente até o dia da prova, além de auxiliar na elaboração da estratégia de corrida na competição“, completa.

Sobre a frequência, Celso explica: “o treino de ritmo é realizado uma vez por semana e, através do resultado obtido, o treinador prescreverá a intensidade dos treinos nos demais dias da semana”. Então, é o seu treino de ritmo (realizado geralmente no início da semana – no meu caso, às terças-feiras) que vai ditar o ritmo da semana corrente e das próximas, inclusive.

Mas será que todo corredor pode se jogar no treino de ritmo? O treinador adverte: “Nem todo corredor está pronto para este tipo de treino, pois ele exige um certo nível de aptidão física para ser executado corretamente. No momento certo, o seu treinador irá incluir este tipo de treino na sua planilha.”

Treino de ritmo na prática

Fiz minha terceira prova recentemente (Venus 10k) e dessa vez pude sentir na pele, no fôlego e no cronômetro os resultados dos treinos de ritmo levados muito a sério. Consegui concluir os 5k abaixo do estipulado pelo meu treinador e no meu melhor tempo até hoje. Vejam só:

A estratégia inicial era:

0 ao 3 km: pace 6’19”

3 ao 5 km: pace 6’09” a 6’00”

Tempo total: 30’57” a 31’15”

O que eu consegui atingir foi:

0 ao 3 km: pace 6’09” (o que era para ter sido feito na reta final, que é quando a gente aperta mais o passo)

3 ao 5 km: pace 5’57” (sendo que no último km, trabalhei num sprint e cheguei a um pace de 5’39”, mesmo já com certo cansaço)

Tempo total: 30’13” (44 segundos abaixo do que o estabelecido)

Meu desempenho km por km na Venus 10k. (print da tela do app Nike+ Running, que uso para correr)

Meu desempenho km por km na Venus 10k. (print da tela do app Nike+ Running, que uso para correr)

É lógico que a adrenalina da prova ajuda a dar uma puxada, mas se não fosse todo o treinamento ao qual eu me dediquei, eu não teria conseguido esse resultado, que me aproxima ainda mais do sub-30 (meta da próxima corrida, no dia 29 de junho).

+ Se você vai correr a sua primeira prova, veja as dicas que preparamos para você neste post.

Entenderam agora porque o treino de ritmo é tão importante, apesar de sofrido? É o tal do amor e ódio que mencionei no início do texto. Admito que depois dessa prova passei a encarar o danado com mais carinho, porque ele me trouxe até aqui e com certeza irá me levar a resultados muito melhores daqui pra frente 😉

Isso me fez lembrar o post sobre minha primeira prova de corrida, no começo do ano. Relembre comigo aqui neste post e repare na minha evolução.

Qualquer dúvida sobre o tema, basta deixar sua pergunta nos comentários abaixo ou mandar um email para contato@vidafit.com.br e nós responderemos com a ajuda do pessoal da GO, ok?

#dicafit: Pratique atividades físicas regularmente, sempre acompanhada(o) por profissionais que assegurem a sua saúde e integridade física durante os treinos.

Força na peruca e sebo nas canelas!

6 Comments

O que você achou?