2010 x 2014: alguma diferença?! (rs)
9 Gostou

8 hábitos que eu mudei e/ou adquiri na minha vida

As pessoas vivem me perguntando o que eu mudei na minha vida pra emagrecer ou desde que comecei a emagrecer. Então aqui vai um post contando alguns dos tópicos mais importantes e interessantes. Espero que curtam e que ajude vocês também ♥

1. Passei a acordar cedo

Eu sempre rendi muito mais no período da manhã do que à tarde ou à noite, mas eu cometia o erro de me render à preguiça e só malhar à noite. Daí juntava falta de disposição + briga contra o relógio biológico + falta de identificação os exercícios que eu fazia… e só podia dar errado, né?

Desde que comecei a treinar funcional e corrida com a galera da GO, eu me senti muito mais motivada a acordar mais cedo (não que seja fácil, eu também tenho preguiça, sono, cansaço, tpm, mau humor e tudo mais) e hoje consigo fazer meus treinos e meu dia renderem muito mais!

Dica de ouro: faça o que te dá prazer! Se você se identificar com uma atividade física e/ou com as pessoas que te fazem companhia nos treinos, já é um grande passo pra você conseguir vencer as suas desculpas e auto-sabotagens.

Ah, e acordando mais cedo, eu passei a dormir mais cedo também. Tanto que meu namorado, que dorme sempre super tarde, já desistiu de me convidar pra assistir filme com ele porque os horários não batem e, quando eu topo, acabo sempre pegando no sono. haha

Vale a pena acordar às 5h30 da manhã em pleno sábado pra treinar e ainda de quebra poder apreciar o sol nascer, não vale? <3

Vale a pena acordar às 5h30 da manhã em pleno sábado pra treinar e ainda de quebra poder apreciar o sol nascer, não vale? <3

+ Aqui nesse post eu sugiro algumas dicas minhas pra conseguir acordar cedo e ir treinar, sem desculpas

+ E aqui tem dicas pra conseguir dormir melhor

2. Reduzi (muito) o álcool

Sem brincadeira: antes, quando eu ia ao bar com amigos, eu bebia até uns 3 LITROS de chopp numa noite. Cara, isso é absurdo! Não à toa eu era gigante nessa época: quase bati os 90kg pra uma pessoa que tem 1,58m – é MUITO peso pra pouco tamanho. Tem até foto do antes/depois pra comprovar:

2010 x 2014: alguma diferença?! (rs)

2010 (com cachaça) x 2014 (sem cachaça): alguma diferença?! =P

Bizarro, né? Hoje eu devo estar com uns 66kg/67kg, com uma composição corporal bacana, mas ainda quero perder uns 10% de gordura corporal. Nem me baseio mais pela balança, sinceramente. Vou mais pelas roupas, espelho e medidas.

Desde que comecei a reeducação alimentar, em maio de 2011, eu reduzi super o consumo do álcool. No começo foi chato, até deixei de sair um pouco pra evitar tentação. Mas depois foi melhorando.

Hoje eu raramente bebo alguma coisa alcóolica (o fato do meu namorado não beber ajuda MUITO, fato) e, quando bebo, sou bem chata, dessas de não tomar qualquer cerveja (meu raciocínio: se for pra consumir calorias, que seja com coisa de qualidade!). Acho que devo beber uma cerveja a cada 2 ou 3 meses, ou até mais. Não sinto mais falta, mas quando bate vontadinha, eu não me nego – a única coisa é que eu me planejo pra não beber em noites anteriores aos treinos ou provas de corrida.

3. E o açúcar também

O açúcar é a minha cocaína. Eu sei disso, então me esforço pra ficar longe e reduzir o consumo, porque açúcar chama açúcar e depois que a gente entra nesse ciclo vicioso é MUITO doloroso sair dele. Não é impossível, mas é sofrido, de verdade.

A nutrilinda Renata Merlino tem me ajudado muito nisso desde o ano passado, pra ser mais exata. Ajustamos minha alimentação de acordo com as minhas necessidade individuais/biológicas e até mesmo emocionais (sim, a comida super influencia no emocional também!). Hoje já sinto menos falta de açúcar, mas isso não quer dizer que eu não tenha vontades. Então a nutri tem me ajudado até fazer escolhas mais inteligentes pra poder consumir uma gordice ou outra sem me afetar no quadro geral.

O interessante é que, pra mim, o açúcar não tá apenas relacionado ao emagrecimento e sim à minha disposição no dia a dia. Quando eu exagero no açúcar (refinado ou dos próprios alimentos de alto índice glicêmico), eu me sinto fisicamente mal: parece que a pressão despenca, fico sonolenta, mau humorada e até mesmo depressiva. Isso não é legal, né? Então taí mais um motivo pra eu me distanciar de tudo que me oferece glicose em excesso, principalmente em momentos desnecessários do meu dia.

+ Aqui nesse post eu já falei sobre o poder altamente viciante do açúcar, e a nutri Renata inclusive deu dicas pra gente superar esse vício: veja!

4. Sobremesa? Raramente!

Agora, quando como algo depois do almoço, ou é um chocolate amargo ou um cafezinho. Nem fruta mais eu faço questão.

Sobremesa que eu adoro e super satisfaz (inclusive na TPM!)

Sobremesa que eu adoro e super satisfaz (inclusive na TPM!)

 

E olha que eu sempre fui daquelas que “precisava” de um brigadeiro ou de um chocolate (ou pudim, ou sorvete, ou qualquer outra coisa com açúcar haha) depois de comer. Sobremesa é hábito, assim como tudo na vida. Entendi que podia mudar aquilo e resolvi mudar.

Não é do dia pra noite, mas aos poucos a gente vai desapegando dessas muletas que a comida acaba se tornando na nossa vida – principalmente quando vamos vendo o resultado no nosso corpo, daí você aprende que comer sobremesa todo dia é bem desnecessário. ♥

5.  Mudei meu olhar sobre a minha comida

Antes via como inimiga, era aquela relação de amor e ódio: “precisava” comer independente da emoção que eu tava sentindo no momento (felicidade, tristeza, raiva, angústia, ansiedade, medo, etc) e depois eu sentia ódio da comida e de mim mesma por causa disso, e então comia mais pra abafar essa onda de sentimentos ruins, o que só me deixava pior ainda… Enfim, todo aquele ciclo de compulsão alimentar que muitas de vocês conhecem e do qual eu sempre comento aqui e no meu instagram (@ticianetoledo – segue lá!).

Hoje já fizemos as pazes e enxergo a comida como amiga porque é ela que vai me dar energia pra aguentar meu dia com a melhor disposição possível. Hoje também já sei quais alimentos me fazem bem, quais me fazem mal. Ainda tô aprendendo, na verdade, porque cada corpo é um corpo, então é muito tentativa e erro mesmo, não tem jeito.

 

Me alimentar bem virou um prazer!

Me alimentar bem virou um prazer!

Confesso que tô me divertindo muito nessa descoberta toda. É uma viagem e tanto! Aprendizados que vamos levar pra vida inteira, afinal, conhecimento é a única coisa que não podem nunca tirar da gente, certo? =)

+ Aqui nesse post tem uma lista de 7 alimentos pobres em nutrientes que a gente deveria rever na nossa dieta

6. E sobre as atividades físicas também

Como era difícil acordar cedo pra ir malhar na academia, gente! À noite então, nem se fala. Era simplesmente um parto! Todo dia eu dava uma desculpa diferente pra não ir.

Como já disse ali em cima, desde que me descobri em algumas modalidades (corrida, funcional, pilates e gyrotonic), tudo isso mudou. Mas o que mais mudou foi a forma como eu passei a enxergar os exercícios físicos na minha vida e na minha rotina.

Hoje eu sei que os meus treinos vão me trazer muito mais benefícios do que me render ao sedentarismo. Sei também que eles são um remédio natural pra minha compulsão alimentar, pra minha ansiedade, pra minha tristeza, pra melhorar minha autoestima. Sei que, cumprindo a minha rotina, eu vou ter muito mais energia pra fazer tudo o que eu quero e preciso fazer na minha vida: trabalhar (e ganhar dinheiro, uhu!), curtir meu namorado, minha família e meus amigos, viajar, estudar, aprender coisas novas…

A minha ideia sobre “ser fit” é a seguinte: eu não vivo pra comer ou pra treinar; eu treino e como pra poder viver com qualidade por muuuiiitos anos pela frente! 

Essa é minha relação com os treinos <3

Essa é minha relação com os treinos <3

Aquecimento num dos treinos funcionais com a Go Assessoria Esportiva (eu sou a de azul, quase ao centro da foto)

Aquecimento num dos treinos funcionais com a Go Assessoria Esportiva (eu sou a de azul, quase ao centro da foto)

E essa é a minha visão atual. Estética é consequência disso, por mais que também seja importante pro nosso ego e autoestima, mas hoje em dia não acredito que deva ser a prioridade número 1 (do contrário a gente pira o cabeção e só se sabota, sabem como é?)

7. Reaprendi a respirar

A Florence, minha instrutora de Pilates no Atelier do Movimento, vive me falando que as pessoas não usam nem metade da capacidade pulmonar que a natureza deu a elas. E no Pilates, eu venho reaprendendo a respirar – o que é importantíssimo pra todo mundo, principalmente pra mim, que sou asmática (sim, eu corro mesmo com asma!) e extremamente ansiosa/impaciente. Isso me ajuda tanto nos treinos da corrida quanto no dia a dia, acreditem.

Pilates: o difícil que faz a gente relaxar!

Pilates: o difícil que faz a gente relaxar!

 

Explico: já perceberam que quando a gente tá ansiosa ou nervosa nossa respiração fica curtinha e rápida? Isso faz a gente hiperventilar e só piora tudo. Então eu me treino pra respirar profundamente e mais devagar nessas situações pra que os ânimos voltem ao normal. E funciona muito!

Até mesmo durante os nossos exercícios físicos a respiração influência bastante na execução e, consequentemente, nos resultados (que podem ser potencializados sempre, né?). Eu ainda quero fazer um post sobre isso com a ajuda das meninas do Atelier e aí explico pra vocês tim tim por tim tim, prometo! =)

8. Aprendi a me auto-motivar

Como o Dr Dráuzio Varella disse num vídeo dele sobre preguiça (veja aqui), “se você for esperar acordar um belo dia com vontade de ir se exercitar, esquece – você não vai sair da cama nunca!” 

O mesmo vale pra esperar que a motivação venha de alguém de fora. A gente até tem nossas inspirações, aquelas pessoas que a gente olha e pensa “quero ser igual a ela quando eu crescer, então também vou me mexer aqui”, mas não devemos jamais basear nossa vontade ou nossa motivação apenas em outras pessoas e muito menos terceirizar nossas responsabilidades sobre nossos atos e suas consequências. Talvez essa seja a maior lição.

Auto-motivação é prática e é super pessoal: o que me motiva pode não ser exatamente o que te motiva também.

Por exemplo, existem algumas coisas que me motivam a acordar às 5h/6h da manhã todo dia:

– saber que vou ter um dia muito mais produtivo, com mais energia e bom humor nível Princesa da Disney cantando com passarinhos e esquilos

– saber que vou chegar nas unidades de treinamento da GO (pros treinos de corrida ou funcional) ou no Atelier do Movimento (onde faço Pilates e Gyrotonic) e encontrar pessoas queridas que vão me fazer rir e me passar energia boa

– saber que sair da cama vai me aproximar dos meus objetivos, enquanto ficar dormindo ou me render à preguiça apenas vão me afastar deles

– saber que tem gente que se inspira em mim e que eu consigo incentivar essas pessoas simplesmente por registrar o meu #treinododia

Então você precisa saber o que te motiva pra conseguir se auto-motivar todos os dias. Tem que ser o SEU motivo e não o dos outros, e isso requer uma reflexão profunda sobre o que você quer pra sua vida – porque às vezes queremos emagrecer/mudar nossos corpos apenas pra agradar outras pessoas e não a nós mesmos, e assim não tem como ter motivação mesmo. Faça por você sempre e a motivação não vai nunca mais te abandonar!

E não é? ;-)

E não é? ;-)

E vocês, o que mudaram na rotina ou o que ainda desejam mudar? 

22 Comments

  • Amanda Li

    February 04, 02 2015 02:05:25

    Transformando saúde em estilo de vida!

    • Ticiane Toledo

      February 04, 02 2015 08:07:47

      É a ideia, Amanda! Não se trata de um projeto (que tem começo, meio e fim), mas de um estilo de vida mesmo. Aí tudo fica mais gostoso e natural! =)

  • Gustavo

    February 04, 02 2015 02:51:41

    Muito bom! Sempre que estou acordando (às 5am) dá aquela vontade louca de ficar na cama e pular o treino antes de ir trabalhar. Mas daí penso “SAI DESSE CORPO QUE ELE NÃO TE PERTENCE!” e pulo da cama num surto psicótico de susto, com disposição e bora treinar!
    Outra vida, realmente!

    Keep rockin!

    • Ticiane Toledo

      February 04, 02 2015 08:09:04

      Oi, Gustavo! Adorei o surto psicótico hahahah É bem por aí mesmo: dá vontade de se render, mas só se rende quem quiser, né? Se a gente não fizer nada, não adianta que ninguém mais vai fazer. Parabéns pela determinação, viu? E vamos que vamos! Keep rockin’ =D

  • dani

    February 04, 02 2015 04:29:04

    Parabéns pelas mudanças… Estou tentando a auto motivação – que difícil! – e me identifiquei com algumas das suas dicas… Você é linda!

    • Ticiane Toledo

      February 04, 02 2015 08:24:27

      Obrigada pelo carinho, pela visita e pelos elogios, Dani <3 É difícil mesmo, viu? Não se sinta mal por isso. Por esse motivo é que a auto-motivação é um exercício diário e SUPER pessoal. Se você descobrir o que REALMENTE te motiva, você vai ver que nada mais vai te parar, mesmo se a preguiça estiver forte um dia ou outro =) Vai que vai, lindona! Você não tá sozinha nessa luta. Beijocas!

  • Vanda Rittmann

    February 04, 02 2015 05:48:29

    Guerreira!!!!! Amooooo…

    • Ticiane Toledo

      February 04, 02 2015 08:09:27

      Te amo também, minha amiga!!! Obrigada pelo carinho de sempre <3

  • Ana Lígia

    February 04, 02 2015 07:24:44

    Valeu por dividir essas dicas preciosas, Tici! O que você escreveu não vale só pra quem está empenhado em perder peso mas pra qualquer um que esteja a fim de ter mente e corpo saudáveis. Super útil.

    • Ticiane Toledo

      February 04, 02 2015 08:29:28

      Naligia! Obrigada, viu? Seu comentário aqui foi daquelas belas surpresas que deixam a gente feliz <3 É bem isso: corpo e mente sãos em primeiro lugar, porque daí o corpo físico/estético acompanha as transformações. A natureza é bastante sábia, a gente que teima mesmo em ir contra haha

  • Carolina Calheiros

    February 04, 02 2015 08:00:39

    amei as dicas Ti! Vou colocar algumas coisas em pratica… O meu problema é o álcool… Maldito vinho, choppinho… E junto vem as tentações das comidinhas de bar!

    • Ticiane Toledo

      February 04, 02 2015 08:28:11

      Que bom que gostou, Carol =) É, o álcool é um capeta porque ele chama outras coisas né? Os petiscos, comidas, etc, e quando ele começa a fazer efeito a gente parece que fica rica AND magra porque sai comprando tudo e comendo tudo tb né? hahahahahaha Não sei muito como orientar equilíbrio nesse sentido a não ser o básico: comer antes de ir tomar seu vinho, seu choppinho, ou então realmente evitar por um tempinho dependendo da sua meta, sabe? Pra mim foi super natural depois abandonar o álcool. Hoje sou feliz com meus sucos =)

  • Keila

    February 04, 02 2015 09:50:29

    Parabens, Tici! Que legal tudo isso. 5:30am não é pra qualquer um!!

    • Ticiane Toledo

      February 06, 02 2015 09:23:29

      Obrigada, Keilitcha! 5h30 não é pra qualquer um, nem pra mim muitas vezes. haha Mas eu gosto. Vejo o sol nascer, o dia rende mais e eu fico muito mais feliz. Não sei explicar. O que é sacrifício pra uns, acabou se tornando parte essencial (e muito prazeroso) da minha vida.

  • Luciana Stabile

    February 05, 02 2015 10:39:00

    Sua linda, vc é uma inspiração pra muita gente, acho que nem percebe isso. Todo esforço vale a pena, pq agora vc tá gatissima!

    • Ticiane Toledo

      February 06, 02 2015 09:25:03

      Emocionei, Lu <3 Muito muito muito obrigada! Inspirar os outros é uma das minhas motivações. Me sinto útil!

  • Danielle

    May 20, 05 2015 10:30:16

    Adorei todos esses habitos e que acima de tudo são superação e força de vontade. To nessa reta e adorei seu blog e espero poder cita-lo no meu como referencia. Beijos e parabéns Ticiane.

    • Ticiane Toledo

      May 29, 05 2015 12:39:57

      Oi, Danielle! Tudo bem, lindona? Obrigada viu? Estamos juntas, companheira de batalha, e devemos unir forças! Super beijo!

  • Nilton

    June 02, 06 2015 09:04:39

    Parabéns pelo site!!!, estou em busca de algumas mudanças, mas, já fiz algumas, como:
    cortar refri, frituras, o mais recente o corte do leite( depois que vi o Dr. Lair Ribeiro no youtube), sucos de caixinha e óleo de soja.
    adotei: a papa de aveia com leite de batata doce, vitamina de banana com aveia e coco, arroz integral, café da manhã tem que ter frutas (com estômago vazio, absorvemos melhor suas vitaminas) e tomo magnésio.

    Saúde a Todos!!!

    • Ticiane Toledo

      June 12, 06 2015 10:31:36

      Oi, Nilton!! Tudo bom? Que belas mudanças vocês fez hein? E os resultados, têm curtido? Depois me conte =)
      Obrigada por compartilhar a sua experiência e sucesso sempre nesse caminho maravilhoso que você escolheu! Abraço!

O que você achou?